Programa Papa Óleo pretende atingir cerca de 50 mil alunos em 2018

Ação contará com diversos incentivos para as escolas participantes

A União Social Ecológica (USE) realiza neste sábado, a cerimônia de abertura do programa Papa Óleo. A ação será às 14h na quadra poliesportiva da Lagoa Maior.

O programa em 2018, contará com diversos incentivos para as escolas participantes. A escola que atingir a meta mínima estipulada pelo programa, com a captação de pelo menos dois litros de óleo residual por aluno matriculado, terá direito de realizar uma festa com um lote de brinquedos do Papa Óleo. Cada criança matriculada também ganhará um picolé.

Os alunos não serão os únicos beneficiados. Um professor de cada unidade escolar participante será contemplado com um Smarthphone Samsung Galaxy, e cada estudante que contribuir com qualquer quantidade de óleo usado ganhará um prêmio por participação.

A cada litro doado para a USE, será contabilizado um ponto para o aluno que receberá no dia 15 de dezembro, um prêmio de acordo com a pontuação alcançada.

Com os incentivos, a associação espera atingir cerca de 50 mil alunos em 2018, com palestras de educação ambiental, e também evitar com que 200 mil litros de óleo usado sejam descartados incorretamente.

O Coordenador do programa, Valdei José da Silva, afirma que toda a população pode contribuir e participar do projeto, lingando no telefone (67) 3521-9301 e pedir a sua coleta. “É só ligar que nós iremos fazer a coleta. Esse óleo vai para um sistema automatizado do programa, onde vai acumulando todo óleo recolhido durante o ano no nome do doador. No dia 15 de dezembro, nós realizamos uma outra grande festa com a entrega dos prêmios”, contou.

Papa Óleo

O projeto surgiu para atender uma carência da cidade, segundo a Use após pesquisas foi detectado que 50 litros de óleos são descartados mensalmente no município, a partir dos dados alarmantes o grupo idealizou o projeto.

Esse óleo é pulverizado nas residências e comércio do setor alimentício, quando a residência conta com encanamento o material vai para o esgoto, ou fossa, em contato com as fossas vai para o solo, e acaba penetrando para o lençol freático.

A preservação do meio ambiente se tornou uma prioridade mundial e extremamente necessária. Aquecimento global, poluição, doenças respiratórias e de pele, intoxicação, problemas climáticos, são alguns dos problemas que já afetam os seres humanos e que tem piorado a cada ano.

Quando descartados indevidamente na rede de esgoto os óleos se acumulam nos encanamentos, causando entupimentos, refluxo de esgoto e até o rompimento das redes de coleta. Para desentupir esses encanamentos é necessário usar substâncias químicas altamente tóxicas, que além de encarecer o tratamento da água, também podem causar prejuízos ao meio ambiente.

A conscientização deve vir desde a dona de casa a bares e restaurantes que tem no óleo de fritura seu maior poluente. No Brasil, apenas 2,5% do óleo usado é reciclado, os 97,5% são descartados nas residências brasileiras. Pesquisas apontam que a cada litro de óleo jogado incorretamente, contamina um milhão de litros de água.

A Use é uma associação sem fins lucrativo, voltada para atividades e projetos que promovam a preservação do meio ambiente em Três Lagoas, que conta com ajuda da iniciativa privada para custeio das despesas.

Fonte: https://www.jpnews.com.br/tres-lagoas/programa-papa-oleo-pretende-atingir-cerca-de-50-mil-alunos-em-2018/107681/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *