Gincana “Uso Sustentável da Terra” reuniu Associações de Produtores do Taboco, distrito de Corguinho (MS) no dia da Árvore.

DSC01985No dia 21 de setembro, dia em que se comemorou o dia da árvore aconteceu a 1ª Gincana de uso Sustentável da Terra (GUST)”. O evento foi promovido pela Organização Não Governamental (ONG) “Conservação da Vida Silvestre (WCS-Brasil)” em parceria com Instituto Quinta do Sol, com apoio logístico da prefeitura de Corguinho, por meio das Secretarias Municipais de Educação e de Desenvolvimento Econômico, Turismo, Meio Ambiente e Agricultura, através do Departamento Municipal de Meio Ambiente.

O evento teve o intuito de estimular o uso sustentável da terra para produção, além de divulgar técnicas agrícolas sustentáveis com objetivo de sensibilizar os participantes, na sua grande maioria produtores rurais, quanto a conservação ambiental em harmonia com a produtividade, além de exercitar o espírito de associativismo e trabalho em grupo. A Maria do Carmo Andrade (Duca), da WCS Brasil e proprietária rural, sócia fundadora do Instituto Quinta do Sol, localizado no distrito de Taboco (MS), informou que o processo de mobilização foi o maior desafio: “Apesar de alguns grupos de associação não terem tido a oportunidade de comparecer, ainda assim, tivemos a participação de cerca de 100 pessoas no evento, todas dispostas a contribuírem com as atividades e aprenderem um pouco mais sobre o tema arvore e meio ambiente, de forma lúdica e divertida”, afirmou Duca.  A bióloga e representante da WCS BrasilAlexine Keuroghlian acrescenta: “Essa região tem uma biodiversidade muito rica é de grande importância para o bem estar do Pantanal”.

Os representantes do poder público do município que estiveram no local do evento, também fizeram avaliação positiva. O prefeito Dalton de Souza Lima e sua equipe apoiam a realização desta atividade, já que o município de Corguinho é um simpatizante das causas ambientais: “Sempre teremos a disponibilidade de recebermos e apoiar projetos de cunho ambiental em nosso município, pois termos um alto indicie de participação popular e interesse da população pelo tema. Sendo assim, todas serão sempre bem vindas”, acrescenta o prefeito. Sua equipe técnica informou que paralelo a Gincana houve assessoramento jurídico para os participantes que quisessem tirar dúvidas jurídicas referentes a propriedade rural.

Atualmente o município de Corguinho possui mais de 10 Associação de produtores Rurais. A produção destas associações que estão localizadas no município de Corguinho área urbana e rural é bem diversificada. Existem Associações que trabalham em prol de rádios comunitárias no município e outras na área rural que produzem gado de corte e de leite e hortaliças que de forma tímida tem abastecido o mercado de Campo Grande e região. Neste sentido o presidente do assentamento Corguinho, o senhor Nelsi Ricardo de Lima afirma que a gincana de Uso Sustentável da Terra trouxe integração entre as associações: “No assentamento onde vivo, existem cerca de 130 famílias a nossa produção é diversificada. Acreditamos que se nos organizarmos poderemos melhorar a nossa produção e renda. Sendo assim, essa atividade de hoje também permitiu a troca de experiência entre associações”, acrescenta o senhor Nelsi.

A Gincana: A Gincana teve início as 8 horas com abertura oficial feita pelos organizadores do evento, e término às 17h com a entrega dos resultados e premiação. Os representantes das associações tiveram que desempenhar “tarefas” que foram pontuadas pela organização do evento. A cada atividade era feita a avaliação de cada equipe e em uma planilha lançados os pontos que ao final foram computados para que os vencedores pudessem ser anunciados.   

 

As tarefas desempenhadas foram: a produção de  mudas de árvores nativas e exóticas; competição de materiais recicláveis, como objetivo de tirar da natureza o maior número de latinhas de alumínio e lixo produzido no local; a produção de maquetes com tema “uso sustentável da terra; a doação de alimentos produzidos pelas associações para o almoço coletivo que foi servido aos participantes das provas; a elaboração de música que melhor representasse cada associação; contação de história sobre como era a situação ambiental antigamente e como é agora e atividades lúdicas e esportivas. Todas com intuito de estimular a comunidade local quanto as boas práticas ambientais e o uso sustentável da Terra.

Para compor o júri foram chamados professores de preferência um de cada região do município. Coube ao corpo de jurados, devidamente assessorado pela comissão organizadora, fiscalizar as pontuações, decidir se uma prova foi ou não cumprida e pontuar as provas na qual isso seja solicitado.

Premiação: A Associação classificada em 1º lugar foi a associação do Lageado, recebeu uma placa de reconhecimento “Amigos da Árvore” e terá direito a participar do curso teórico e prático intitulado: “Práticas Agrícolas Sustentáveis”. O segundo lugar ficou com a Associação dos Produtores do Taboco.  O terceiro lugar ficou com assentamento Corguinho. A Associação Liberdade Camponesa ficou com o 4° lugar. No campeonato de futebol suíço, Lageado ficou em primeiro lugar na categoria feminino e Taboco primeiro lugar na categoria masculino. A organização do evento informou que todas as Associações receberão o valor de mercado dos materiais reciclados arrecadados, bem como as mudas solicitadas para reflorestamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *