Escola do Sesi de Três Lagoas tem participação de destaque no Programa Papa Óleo

Os estudantes da Educação Infantil ao Ensino Médio da Escola do Sesi de Três Lagoas coletaram óleos de cozinha saturados para doação ao Programa Papa Óleo, desenvolvido pela USE (União Social Ecológica) com a finalidade de trabalhar com projetos de educação, preservação e conservação ambiental. De acordo com a diretora Zuleica Alves Guimarães, o objetivo foi difundir e encorajar a prática de ações de responsabilidade socioambiental e de promoção do desenvolvimento sustentável entre os alunos.

Ela completa que os integrantes da USE visitam as escolas de Três Lagoas fazendo palestras de conscientização para os alunos, explicando como devem armazenar o óleo saturado para levá-los até os displays instaladas nos estabelecimentos de ensino da cidade. “Posteriormente, eles realizam um plantão nas escolas em dias específicos para que os alunos pudessem entregar o óleo velho. Após o período de coleta do óleo, foi feita a divulgação da quantidade coletada e entregues as premiações diversificadas aos alunos, professores, direção e escola envolvida, como forma de incentivar e retribuir a participação”, pontuou.

A USE usa o óleo coletado na fabricação de sabão e outros derivados e a renda é revertida nas premiações e no pagamento dos salários da equipe envolvida. No caso da Escola do Sesi de Três Lagoas, já é desenvolvido o projeto anual “Reciclar para Responsabilizar-se com o mundo que queremos”, trabalhando a conscientização ambiental baseada nos seis erres – Repensar, Reduzir, Reciclar, Reutilizar, Recuperar e Responsabilizar-se – e a proposta da USE veio ao encontro desse trabalho de forma que todos os alunos se envolveram na coleta do óleo saturado, atingindo 1.770,80 litros.

A turma dos alunos do 7º ano do Ensino Fundamental conseguiu arrecadar 336,60 litros ficando em 2º lugar entre as turmas das demais escolas de Três Lagoas, enquanto a turma do 8º ano do Ensino Fundamental conseguiu arrecadar 271,16 litros, ficando em 3º lugar. “A nossa escola recebeu um certificado de Honra ao Mérito como parceira do meio ambiente e como premiação conseguiu dobrar a meta de óleo coletado por número de alunos matriculados, recebendo 80 litros de óleo, que iremos doar para uma instituição de caridade que está necessitando. Daremos continuidade à parceria com a USE para o desenvolvimento do programa no 2º semestre, dada a relevância para o meio ambiente e envolvimento dos alunos”, disse Zuleica Alves Guimarães.

“Eu saí pelas ruas pedindo óleo saturado em restaurantes. Foi simples. Levei galões para os restaurantes e pedi para encher. Depois no final, fui lá buscar e consegui arrecadar 127 litros”, disse o estudante Antônio Carlos Pancote Filho, aluno do 8º ano do Ensino Fundamental. Já a estudante Gabriela Rodrigues Santana, aluna do 8º ano do Ensino Fundamental, ficou feliz com a conquista. “Me senti muito feliz em saber do resultado porque vi que não só o meu esforço, mas também o de outros vários alunos foi valorizado. Independente da minha turma não ter ganhado a viagem ao Termas, fico muito feliz em saber que o óleo que iria ser descartado irá se transformar em sabão”, falou.

O estudante Bruno Augusto de Carvalho, aluno do 7º ano do Ensino Fundamental, acrescenta que, assim que soube do projeto Papa Óleo, pediu folhetos para tirar cópias e distribuir no bairro onde mora. “Todo os dias eu saía de bicicleta pegando. Em cada casa eu pegava de 500 ml a 2 litros, até que eu tive a ideia de ir em restaurantes e consegui arrecadar mais de 150 litros. Quando a pessoa me dava o óleo e falava que era pouco, eu só retrucava falando que é de pouco em pouco que eu vou conseguir juntar muito. E foi isso que aconteceu. Eu acabei descobrindo que a minha sala ficou em 2º lugar de Três Lagoas inteira”, contou.

A estudante Manuela Rodrigues Bunning, aluna do 7º do Ensino Fundamental, ressalta que levou em consideração a contaminação do planeta. “Em primeiro lugar, eu pensei em quanta água está sendo contaminada com esse óleo usado, então comecei a recolher óleo em restaurantes, casas e outros lugares. Meus pais também se empenharam na campanha e começaram a juntar óleo. Pediram para amigos, familiares entre outros. Eles gostaram muito desta campanha pois as águas não seriam mais contaminadas e o óleo seria usado para algo bom, como por exemplo para fabricação de sabão, comida de cachorro, e massinha para vidro”, avaliou.

Fonte: http://www.fiems.com.br/noticias/escola-do-sesi-de-tres-lagoas-tem-participacao-de-destaque-no-programa-papa-oleo/24283

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *